Ontem à noite, mais de 500 pessoas das áreas de negócio, mídia, diplomacia, artes e da área acadêmica se reuniram para apoiar a missão da BrazilFoundation que promove ideias e ações que transformam o Brasil. Este ano, o gala, cujo tema foi “Celebrando as Mulheres “, deu destaque ao avanço dos direitos das mulheres no Brasil e foi palco do  lançamento de um novo Fundo para as Mulheres.

A BrazilFoundation homenageou três mulheres que conduzem projetos sociais importantes no Brasil: Anália Timbó, do Vidança, que há 33 anos desenvolve oportunidades para jovens por meio de atividades culturais e educacionais em Fortaleza, Ceará, Brigitte Louchez, da Barraca da Amizade, que combate a exploração sexual de meninas e adolescentes há mais de 20 anos, também em Fortaleza; e Maria de Lourdes Braz, da Casa Santa Ana, que criou uma metodologia para o cuidado e atenção a idosos, na Cidade de Deus no Rio de Janeiro.

A cantora Bebel Gilberto foi premiada com o “Global Brazilian Award”, uma homenagem que destaca porta-vozes da cultura brasileira no mundo. A Goldman Sachs, representada por Paula Moreira Penna, também foi homenageada com o “International Philanthropy Award”, o prêmio internacional de filantropia, pelo projeto “10.000 Mulheres”. Esta iniciativa da Goldman Sachs promove o desenvolvimento econômico por meio do apoio a mulheres empreendedoras que atuam em negócios e gestão da educação, em parceria com uma rede de 90 instituições.

Depois da premiação, aconteceu a apresentação da bailarina do Dance Theatre of Harlem, Ingrid Silva. A jovem bailarina nasceu no Brasil e treinou quando criança numa organização social semelhante às apoiadas pela BrazilFoundation. Ingrid está ligada à fundação com um grau de separação: sua mentora no Brasil é a irmã de Anália Timbó.

Seguindo a apresentação de dança, Patricia Lobaccaro, Presidente e CEO da BrazilFoundation, anunciou o novo projeto “De Mulheres para Mulheres” e convidou todo o público feminino presente no evento para demonstrar seu apoio ficando de pé. Este foi um momento chave para o lançamento da iniciativa que busca promover oportunidades para mulheres e meninas no Brasil. Patricia afirmou que “quando as mulheres prosperam, as famílias prosperam, e quando as famílias prosperam, comunidades prosperam”. Os participantes foram convidados a apoiar este compromisso preenchendo os cartões de doação disponíveis nas mesas – os fotógrafos que circulavam na sala registraram os convidados segurando seus cartões. A Fundação conseguiu arrecadar recursos suficientes para apoiar quatro projetos unicamente com estas doações.

Em seguida, aconteceu o leilão coordenado pelo parceiro Phillips. A cantora brasileira Baby do Brasil encerrou a noite com uma apresentação muito especial na qual apresentou a nova canção intitulada “Somos Brasil / We are Brazil”, criada em colaboração com Marivaldo dos Santos, membro do  Stomp. A música, lançada no iTunes na quinta-feira, terá parte da renda revertida para a Fundação. Marivaldo é fundador do projeto social Quabales, uma organização sem fins lucrativos apoiada pela Fundação que promove a inclusão social através da música.

A Fundação contou com o apoio (in-kind) dos parceiros PhillipsEmpire EntertainmentTAO Downtown, Zeze Calvo andPeggy O’Dea, Melissa Shoes, Brigadeiro Bakery, e A.B. Biagi.