Educação e Cultura

A falta de acesso à educação de qualidade tem grande impacto nos índices de desigualdade social no Brasil. O investimento por aluno na rede pública de ensino representa um terço da média anual dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Apenas 14,7% da população adulta concluiu o ensino médio e 11% possui ensino superior, segundo dados do Censo IBGE 2010. Os dados revelam ainda que 9,6 milhões de jovens entre 15 e 29 anos não estudam, nem trabalham no país. Os desafios são ainda maiores nas comunidades de baixa renda onde as escolas são precárias ou inexistentes e o acesso à cultura é limitado. O investimento em educação é fundamental para que esses jovens e adultos possam ter boas oportunidades de trabalho no futuro.

Financiamos tecnologias educacionais inovadoras, incluindo temas como: formação para o mercado de trabalho; educação financeira e empreendedorismo; qualificação de professores; cultura como instrumento de transformação social e apoio a educação para a primeira infância.

Organizações apoiadas