Local Porto Alegre, RS
Apoiado em 2015
Áreas atendidas Desenvolvimento Socioeconômico

Yvyra Yky – Terra Vida

Produção de alimentos, orquídeas e artesanato para gerar renda em aldeia Guarani

A aldeia Guarani Tekoá Pindó Mirim é formada por 21 famílias assentadas no município de Viamão, no Rio Grande do Sul. A tribo vive em uma área de solo degradado e impróprio para o cultivo de frutas e hortaliças que fazem parte do estilo de vida da comunidade. Para melhorar as condições da população, o projeto Pindó Sementes de Sustentabilidade promove o plantio de árvores nativas, frutíferas e hortaliças desde 2010. O projeto também implantou um viveiro de mudas, uma composteira e uma cisterna no local.
O desafio agora é estimular a produção e a comercialização de orquídeas e implantar taquarais para produção de artesanato. A intenção é acabar com o extrativismo irregular, fortalecendo o comércio de produtos da aldeia e gerando renda às famílias locais.

IMPACTO

Com o apoio da BrazilFoundation, o Instituto Sementes ao Vento pretende:
• Aumentar a capacidade de geração de rendas das famílias;
• Plantar taquarais para a produção de artesanato;
• Produzir orquídeas para comercialização;
• Diminuir a vulnerabilidade e a insegurança alimentar com o plantio de árvores frutíferas e hortaliças;
• Compartilhar as experiências da aldeia a outras comunidades guaranis e o poder público;
• Desenvolver o cooperativismo e estimular colaboração;
• Consolidar as mudanças iniciadas e implantações realizadas pelo Projeto Pindó Sementes de Sustentabilidade;
• Qualificar o uso da composteira, do viveiro e da cisterna, bem como a prática de separação e aproveitamento de resíduos sólidos.

 

“O projeto vai contribuir para o fortalecimento do cooperativismo e da colaboração entre as famílias, em prol de ações de benefício coletivo.”
– Frederico Carneiro Behrends, diretor geral do Instituto Sementes ao Vento

Fotos @brazilfound on instagram