Local Salvador, BA
Apoiado em 2017
Áreas atendidas Direitos Humanos e Participação Cívica

Construção de Cartilha de Acessibilidade e Inclusão: Convivendo com as Diferenças

Garantir cuidado e autonomia no contexto escolar para crianças afetadas pelo Zika vírus

As consequências do surto do zika vírus para o desenvolvimento das crianças afetadas e as necessidades que elas demandam ainda não foram compreendidas em sua totalidade. O ambiente escolar, fundamental para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, afetivas, motoras e emocionais de crianças, pode assumir um papel protagonista neste cuidado.

A Associação Abraço a Microcefalia nasceu da iniciativa de famílias com bebês vítimas da síndrome congênita do Zika vírus que buscam alertar sobre a epidemia e as graves consequências para os bebês. A Associação acolhe e apoia famílias de crianças afetadas, desenvolvendo seu potencial máximo e promovendo sua inclusão social. Com inúmeros casos na cidade de Salvador, a Abraço vai atuar em 15 escolas públicas para disseminar informações sobre as necessidades básicas das crianças com microcefalia e garantir que a inserção no contexto escolar possa ocorrer com qualidade e dignidade.

Com o apoio da BrazilFoundation, a Associação pretende:

• Disseminar em 15 escolas públicas de Salvador informações sobre a síndrome congênita do zika vírus e estratégias possíveis para lidar com as crianças;
• Produção e impressão de 2000 cartilhas para apresentar, de forma interativa, a realidade das crianças com síndrome congênita do zika vírus;
• Mapear dificuldades, avanços e desafios das famílias e profissionais de educação e fortalecer a rede de atores que se dedicam à realidade das crianças com síndrome congênita do zika vírus.

Impacto

4000 pessoas beneficiadas diretamente
Inclusão de crianças afetadas pelo zika de modo afetivo e efetivo no ambiente escolar
15 escolas públicas recebendo informações sobre o Zika

“Construir caminhos para inclusão e acolhimento integral das crianças por parte de todos os atores que convivem no referido contexto escolar.” – Equipe Abraço a Microcefalia

Fotos @brazilfound on instagram