Local Governador Valadares, MG
Apoiado em 2016
Áreas atendidas Direitos Humanos e Participação Cívica

Articulação e Fortalecimento da Rede de Movimentos e Entidades Sociais na Defesa da Bacia do Rio Doce

Fortalecimento Comunitário para a recuperação humana, social e ambiental da região do Rio Doce

A Bacia do Rio Doce vem sofrendo com os impactos do aquecimento global, da diminuição caudal do rio, da falta de chuva e com a degradação ambiental provocada pela atividade extrativista de minério há muito tempo. Não há uma fiscalização ambiental efetiva da atividade nem de estoques de resíduos da mineração na região. Com o rompimento da barragem de Mariana, em Minas Gerais, a onda de lama percorreu mais de 700 km até chegar ao Espírito Santo, afetando milhares de pessoas.

Fundada há 60 anos, a Cáritas Brasileira promove iniciativas de economia solidária,  segurança alimentar e atividades emergenciais. O objetivo projeto é capacitar lideranças locais para atuarem na fiscalização, denúncia e elaboração de propostas em defesa da Bacia do Rio Doce e da população afetada pela catástrofe.

Impacto

Com o apoio do Fundo Minas, a Cáritas vai contribuir para a recuperação humana, social e ambiental dos 7 municípios na região do Meio Rio Doce, por meio de:

• Articulação e fortalecimento da rede de movimentos sociais e lideranças locais, especialmente mulheres com capacitação, ações de denúncia e elaboração de propostas;
• Incentivo para que a rede de movimentos sociais influencie nas políticas públicas de recuperação do Rio Doce;
• Acompanhamento e monitoramento das ações do Ministério Público, dos órgãos do governo e das empresas na atenção às populações atingidas, cobrando responsabilidades pelo crime ambiental;
• Proposição de soluções coletivas para a recuperação da Bacia do Rio Doce e para o problema da diminuição da água e a deterioração do Meio Ambiente.

“Estamos tentando ajudar as pessoas de Valadares a melhorar as condições de vida e o nosso rio. O que aconteceu foi uma catástrofe, ficar sem água tem sido um grande problema para todos nós.” Flávia Finhani, Vice-Presidente

Fotos @brazilfound on instagram