Duas jovens e um sonho comum: oferecer educação de qualidade para crianças e adolescentes de Aracaju

“Unidas por uma educação que nos ajude a pensar e nos permita questionar!”

Por Bruno Faria

O Instituto Irradiar nasceu do sonho compartilhado pela Lívia Gregorin e pela Stephanie Kamarry de ver a educação em nosso país transformada e acessível a todos. Com a organização que fundaram em 2015, elas encorajam crianças e jovens a serem pensadores independentes, a compartilhar conhecimento e a serem solucionadores de problemas. O foco do trabalho delas é o desenvolvimento dos talentos individuais, com educação complementar e multidisciplinar. O Irradiar foi selecionado para receber apoio da BrazilFoundation em 2018.

A primeira ação para colocar o seu sonho em prática foi vender camisetas do projeto – que ainda não existia – para arrecadar verba e iniciar as atividades. Com o dinheiro na mão, foi possível adquirir os primeiros materiais para trabalhar com 25 crianças. Começaram então a trabalhar e a sistematizar a metodologia a ser utilizada. O planejamento pedagógico durou cerca de seis meses até a data da primeira oficina, em outubro do mesmo ano.

Educação moderna, criativa e multidisciplinar

As oficinas criativas multidisciplinares do projeto são realizadas em São Cristóvão, na grande Aracaju, em Sergipe. É no bairro Rosa Elze, onde está sediada a Universidade Federal de Sergipe, a maior instituição de ensino superior do estado, que crianças de 7 a 11 anos participam de oficinas de robótica com kits lego, a fim de despertar o interesse pela tecnologia e desenvolver o raciocínio lógico. Elas também têm acesso a aulas de judô, uma parceria com a Equipe Amigos do Judô, para trabalhar a disciplina através do esporte e despertar para a importância do desenvolvimento físico e da saúde. Atividades cuidadosamente planejadas para descobrir, desenvolver e motivar as habilidades próprias de cada criança.

O método pedagógico do Irradiar trabalha o acompanhamento individual e personalizado dos jovens, observando habilidades técnicas e comportamentais a cada oficina. Ao identificar os potenciais e as dificuldades de cada aluno, o Irradiar os guia adequadamente para que acreditem e realizem seus sonhos, qualquer que seja a área de interesse. A intenção é sempre preparar os alunos para enfrentar o mercado de trabalho e a sociedade, como cidadãos éticos e capazes. Além disso, há o trabalho com a família para que, dentro de casa, as crianças sejam também incentivadas a perseguir seus sonhos.

Irradiar BrazilFoundation Aracaju Filantropia

“O Irradiar efetivamente transformou a minha vida. A forma de ver o mundo – mais colorido, mais criativo; paradigmas revirados – um aprendizado enorme sobre pessoas, motivação, tempo, disciplina, trabalho. Menos julgamento, mais acolhimento. Transformação na vida pessoal e profissional. Não ouso pensar no vazio que seria o Irradiar não ter feito parte da minha vida.” – diz Livia

Além do trabalho com as crianças, o Irradiar oferece eventualmente curso para adolescentes. Em 2017, foram oferecidos cursos de eletrônica básica e impressão 3D para 20 adolescentes durante 6 meses. Em setembro de 2018, um novo curso sobre mercado de trabalho voltado para 30 adolescentes e familiares das crianças assistidas teve início com o intuito de contribuir para transformar o cenário de desemprego na região.

É que apesar do impacto no desenvolvimento regional que uma Universidade pode ter, cerca de 15 mil crianças e adolescentes que vivem na cidade têm baixos rendimentos escolares e carências diversas. O que acaba impactando diretamente nos índices de educação do município e no acesso dos moradores da região no ensino superior.

Como fruto do trabalho realizado nas oficinas de robótica, o Irradiar teve sua primeira participação na Olimpíada Brasileira de Robótica, etapa estadual, em 2018. Competindo com duas equipes e com um mês de preparação, conseguiu o 9º e o 12º lugar, além da premiação para uma das equipes como destaque de instituição pública.

Trabalho voluntário

Para realizar sua missão, o Irradiar conta hoje com mais de 50 voluntários ativos, entre graduandos, graduados e pós-graduados das mais diversas áreas do conhecimento.

“O Irradiar deu muito mais sentido à minha vida. Sinto como se fosse uma missão contribuir para um país melhor. Diariamente o Irradiar trabalha os meus medos e dificuldades de modo a me levar sempre para um caminho que me transforma em uma pessoa melhor. Mais do que mudar algo na minha vida, o Irradiar já é uma grande parte dela.” – conta Stephanie.

Em 3 anos de atividades, o Instituto Irradiar tem conseguido transformar a realidade educacional da região do bairro Rosa Elze através de métodos educacionais modernos, atraentes e com a linguagem dos jovens. Alinhado com o discurso de que toda transformação se dá através da educação.