III Prêmio de Inovação Comunitária

BrazilFoundation anuncia as 53 iniciativas comunitárias (OPs) que receberão investimentos

O Prêmio de Inovação Comunitária tem o objetivo de impulsionar iniciativas informais, selecionadas por uma rede de organizações parceiras da BrazilFoundation, que atuam para o fortalecimento e desenvolvimento de seus territórios. Lançado em 2015, o prêmio nasceu para atender a demandas urgentes do setor social, que passa por grandes desafios, democratizar acesso a recursos, estimular o protagonismo local e incubar tecnologias sociais inovadoras.

Em maio de 2018, a BrazilFoundation lançou a terceira edição do Prêmio, que vai apoiar 53 iniciativas com um investimento semente de R$ 6.500, sendo R$ 5.000 para realização do projeto e R$ 1.500 para monitoramento e mentoria. Este ano, 21 organizações madrinhas que atuam em 16 estados brasileiros e já foram apoiadas pela BrazilFoundation identificaram e mapearam 190 iniciativas em seus territórios e, dentre essas, selecionaram aquelas que vão receber sua mentoria, compartilhar expertises, monitorar o uso dos recursos e avaliar os resultados.

Este modelo de filantropia compartilhada e colaborativa visa financiar iniciativas que estão fora do radar de investidores por não serem formalizadas; democratizar a decisão de alocação do recurso; testar a ideia de que organizações financiadas podem ser financiadoras; estimular protagonismo local e criar um ecossistema que favoreça a criação de novas tecnologias sociais.

Confira abaixo as 53 iniciativas selecionadas.

Os recursos para o III Prêmio de Inovação Comunitária foram possibilitados por meio da parceria com a Itaú Social, Gala Miami e Youth Council Bronxville.

Mais informações: comunicacao@brazilfoundation.org
Imprensa: press@brazilfoundation.org
Baixar o release aqui: Release

Veja aqui o Edital do III Prêmio de Inovação Comunitária.

Conheça as iniciativas selecionadas:

A Leitura Na Construção do Saber – Corumbá, MS | Suzana Coelho Lima, 56; Maria Eunice de Souza Puccini, 57. (Moinho Cultural Sul-Americano)
Contribuir para a formação de alunos críticos e participativos, capazes de interagirem em sua realidade na condição de cidadãos conscientes.

Abelhudas da Floresta: Mulheres da Amazônia Incentivando a Meliponicultura – Careiro, AM | Nilcinha de Jesus Amaral, 53; Ozirene Cardoso da Silva, 48. (Casa do Rio)
Incentivar a criação de abelhas nativas da Amazônia visando a conservação da biodiversidade e fortalecimento da Rede de Mulheres da BR 319.

Alcance – Parambu, CE | Sidiney Lima Paiva, 36. (ADETT)
Apoio terapêutico, palestras e oficinas que envolvam a escola, a família e alunos para integração e combate a problemas de automutilação, pensamentos suicidas e bullying.

Além dos Muros – Rio de Janeiro, RJ | João Paulo Rodrigues, 30. (Redes da Maré)
Teatro como linguagem multidisciplinar para o enfrentamento de questões presentes na comunidade escolar da Maré, fomentando uma rede de multiplicadores dos fazeres artísticos.

Apadrinhamento Coletivo e Direito à Convivência Comunitária – Goiânia, GO | Vera Lucia Alves Cardoso, 63. (Circo Laheto)
Garantir o direito à convivência comunitária de crianças e adolescentes institucionalizadas.

Apicultura e Protagonismo Jovem na Comunidade Melancia – Casa Nova, BA | Thiago da Rocha Santos, 22; Rafaella Rocha de Souza, 23. (Fundação Lar Feliz)
Fortalecer a organização de jovens que trabalham com criação de abelhas, caprinos e galinhas de postura, estimulando a permanência no campo, geração de renda e respeito à natureza.

Aura da Luta – Belo Horizonte, MG | Luh Dandara, 32. (Fa.Vela)
Rede de atendimento a mulheres em situação de violência e uma cooperativa de costura estimulando empreendedorismo e geração de renda para elas.

Baque do Cerrado – Graduada batuque educacional – Goiânia, GO | Francisco Flávio Borges Almeida, 47. (Circo Laheto)
Formação de jovens ritmistas integrando conhecimentos e vivência acerca da arte da cultura popular dos tambores e ampliando o envolvimento da comunidade local.

Capoeira Pantaneira – Miranda, MS | Alexandre Lopes Trindade. (IPEDI)
Aulas práticas e teóricas de capoeira e de percepção musical para crianças e adolescentes visando o desenvolvimento físico e social.

Centro Comunitário – Passagem, PB | Wenio Ferreira de Oliveira. (CEPFS)
Oferecer um espaço que proporcione educação, esporte, lazer e cultura para crianças, adolescentes e moradores em vulnerabilidade social.

Cine Favela – Rio de Janeiro, RJ | Luciano Daniel dos Santos, 19; Solange da Conceição, 58. (EDUCAP)
Sessões de cinema para crianças e moradores que vivem em extrema vulnerabilidade e moram em locais de difícil acesso no Morro do Alemão.

Cinema para Todos – Tauá, CE | Josiane Rodrigues da silva, 26. (ADETT)
Acesso a diferentes gêneros de produção cinematográfica para os moradores de Tauá, utilizando a arte do cinema para estimular aprendizado, integração e socialização familiar e comunitária.

Cobra Verde – Teixeira, PB | Otávio Maurício Neto, 47; Roberto Rivelino, 48; Albenor Lima Filho, 47; Joel dos Santos, 35; Maria Karla Eugênia, 21; Carmeleusa Bernardo de Oliveira, 49; Tiago da Silva, 25; Yago da Costa, 21; André Mario Ampére, 28; Laecio Dantas, 39. (CEPFS)
Turismo ecológico e de aventura em área rural, estimulando consciência ecológica e gerando renda extra para a comunidade local.

Conversas Musicais da Biblioteca Itinerante Feminista – São Paulo, SP | Daniel Santana, 28; Estela Cândido, 25; Verônica Lelis, 30; Waleska Tigre, 26. (IBEAC)
Levar para escolas e a moradores do extremo sul de São Paulo discussões sobre igualdade de gênero e vivências de musicoterapia, para reflexões sobre papéis sociais.

Costura Criativa e o Bordado Inspirado na Obra Bordada de Nice Firmeza – Fortaleza, CE | Lúcia de Fátima Ferreira de Sousa, 64. (Barraca da Amizade)
Preservar a memória do bordado de Nice Firmeza, artista cearense, a partir da valorização do trabalho de artesãs locais, gerando renda e autonomia para elas.

Creche Milagrosa – Pau Brasil, BA | Maria Muniz de Andrade Ribeiro, 70; Nayara Evely Moraes Silva, 21; Greiciane Coelho da Silva, 21; Eliete Maria dos Santos, 40; Ana Paula Santos Souza, 25; Reynylton Muniz, 38. (THYDEWÁ)
Primeira creche na comunidade indígena Pataxó Hãhãhãe, baseada nas tradições e cultura local e utilizando um modelo participativo.

Cuidar de quem Cuida: Empoderando Mulheres – Fortaleza, CE | Márcia Cristine Pereira de Oliveira, 54. (Barraca da Amizade)
Promover bem estar físico, mental e espiritual a mulheres que lidam com situações de violência, em encontros com práticas de cuidados.

Do meu Quintal para o Mundo – Aprendendo sobre as Abelhas sem Ferrão Capixabas – Vitória, ES | Yvana Gonçalves Belchior, 49; Rogério Caldeira Ribeiro, 46. (Ateliê de Ideias)
Realizar ações colaborativas ao meio ambiente por meio de técnicas educativas e práticas com grupos familiares sobre abelhas sem ferrão.

Doce Floresta: Fabriqueta de Doces e Sonhos – Careiro, AM | Ocimei Laborda Ribeiro, 50; Quesia Reis, 40; Delvanira Barros de Aguiar, 52. (Casa do Rio)
Estruturar uma fabriqueta informal de doces e geleias de frutas regionais, fortalecendo os laços e diversificando a renda das agricultoras.

Dona’S – Vitória, ES | Mazinho Lima, 29; Djulielen Karla Santos Teixeira, 23; Carlos Jayme Gomes de Oliveira, 21; Erick de Paula, 19. (Ateliê de Ideias)
Documentário que visa contextualizar a participação das mulheres no processo de ocupação do bairro Engenharia.

Educação Ambiental – É minha, é sua, é nossa – Porto Alegre, RS | Liliana Ferreira da Silva, 44. (WimBelemDon)
Oportunizar educação ambiental em escolas públicas, postos de saúde e núcleos comunitários visando despertar consciência ambiental e melhores condições de saúde.

Educação para Além do Lixo – Goiânia, GO | Ana Karla Rodex, 21; Bruno Henrique Lopes, 30; Fabiano Braga, 23; Matheus Mentone, 22; Rafael Pereira Tokarski, 32; Thais Camilla Damaceno, 23. (Circo Laheto)
Implantação de um sistema de gestão de resíduos sólidos com atividades de educação ambiental em uma escola de Goiânia.

Emancipação e Protagonismo Feminino: Aprendendo através das Trajetórias – Irituia, Primavera, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, PA | Jaquelane Souza, 29; Luzia Camila Silva, 20; Nádia Marília Aleixo, 23 (MMNEPA)
Evidenciar as experiências de mulheres associadas ao MMNEPA, que se articulam para resistir contra um sistema de opressões sociais.

Filhas do Rei – Livramento, PB | Cristiane Pastora da Silva, 40; Maria Rosa Mística, 22; Maria de Lourdes da Silva, 34; Luzia dos Santos Silva, 33. (CEPFS)
Resgate da identidade quilombola, fortalecimento comunitário e melhoria da autoestima por meio da formação em beleza e estética para mulheres remanescentes de quilombo, fortalecendo a troca de saberes entre elas.

Futuro em Movimento – Rio de Janeiro, RJ | Lucia Maria Oliveira Leite. (EDUCAP).
Oficinas de dança, artesanato e reciclagem para adolescentes do Complexo do Alemão com objetivo de gerar renda imediata (lixo vira luxo).

Grupo de Atenção à Pessoa com Lúpus – Juazeiro, BA | Fabiana da Conceição Bezerra, 33; Marinalva Luiza Pereira da Silva, 45; Cheila Almeida Nakahara, 35. (Fundação Lar Feliz)
Oferecer um espaço de apoio e acolhimento a pessoas que convivem com o diagnóstico de Lúpus e seus familiares.

ImaginaC – São Paulo, SP | Nayana Brettas, 34. (Instituto Gerando Falcões)
Dar visibilidade às crianças para construir com elas cidades mais saudáveis em uma divertida experiência lúdica com a cidade.

Informática para Apicultores – Quiterianópolis, CE | Vandilene, 19; Ana Clara, 15; Ana Paula, 22. (ADETT)
Curso de informática para apicultores viabilizando o aumento das vendas da renda e possibilitando novas oportunidades de comercialização.

Iniciativa Medita(Ação!) – Práticas Meditativas para Crianças e Adolescentes – Porto Alegre, RS | Fernanda Nunes de Oliveira, 28. (WimBelemDon)
Oficinas de meditação com o objetivo de realizar uma abordagem psico-social preventiva a crianças e adolescentes, fortalecendo a autoestima e o autocuidado.

Jovens Músicos de Feira Nova – Feira Nova, PE | José Jonatas de Araújo, 24; Manoel José da Silva Júnior, 27; João Alberes Barbosa de Araújo, 15. (Acreditar)
Oficinas de música e construção de instrumentos musicais alternativos para resgate e inclusão de crianças e jovens.

Mandala: Produção Sustentável – Irituia, PA | Francisca Oliveira da Silva Gama, 60. (MMNEPA)
Construção de uma horta integrada com a criação de galinha caipira, em forma de mandala, contribuindo para segurança alimentar, nutricional e renda para as famílias.

Marginal, Coletivo – Rio de Janeiro, RJ | Ellen Marques, 21; Jota Marques, 26. (Instituto Cultural Pólen)
Ocupação coletiva da juventude favelada em espaços públicos no Rio de Janeiro para pensar direitos, identidade, cultura e política.

Mulheres Ao Vento – Rio de Janeiro, RJ | Simonne Silva Alves, 28. (Redes da Maré)
Oficinas de danças populares que relacionam dança, corpo e trajetórias de vida, e construção de uma montagem cênica com mulheres da Maré.

Mulheres de FIBRAS de Ladário – Ladário, MS | Fátima de Souza Ortiz, 36. (Moinho Cultural Sul-Americano)
Curso de artesanato com fibras de camalote, planta típica do Pantanal, como alternativa de empregabilidade e renda para mulheres da região.

Nutrilhar – Produtora de Rolês (Responsabilidade Social) – Belo Horizonte, MG | Amazonita Ágata de Oliveira Silva, 27. (Fa.Vela)
Assessoria de produção a grupos de rap de BH e região, com responsabilidade social, fomentando a realização de eventos/rolês da cultura Hip Hop para a juventude.

Oficina Sonhar Voando! – Ouro Preto, Mariana, Belo Horizonte, MG | Hugo Ziviani, 24; Ricardo Macêdo, 42; Stefano Azevedo, 29. (Coletivo Mica)
Oficinas de stop-motion e criação coletiva de roteiro buscando melhorar os vínculos de jovens com o espaço e contexto social que estão inseridos e aproximação positiva com a tecnologia.

Pelos Olhos de Carol: Sementes – São Paulo, SP | Clarissa Roberta Alves, 19; Dayana de Almeida Moraes, 20. (IBEAC)
Aproximar as crianças da obra de Carolina Maria de Jesus, levando-as a conhecer a autora e refletir sobre as desigualdades sociais.

Pequenos Youtubers. Comunicação Educativa Rádio da Vila Esperança – Goiás, GO | Haroldo Nélio Peres Campelo Filho, 36. (Circo Laheto)
Produção de vídeos para o YouTube feito por crianças, estimulando o protagonismo, a liderança e capacitando-as para o uso dessa tecnologia.

Prainha, no Feminino – Mariana, MG | Ana Verena Diniz Duarte, 24; Raquel Augusto Satto Vilela, 23; Bruna Teixeira Caetano, 28. (Coletivo Mica)
Formação racial, de gênero e audiovisual de mulheres para construção de um documentário sobre a história da Prainha, periferia de Mariana.

Programa Escolas Mais Verdes – Horta na Escola – Corumbá, MS | Cláudio Morce, 43. (Moinho Cultural Sul-Americano)
Levar para escolas públicas e instituições que abrigam crianças e jovens técnicas de cultivo de horta orgânica, uma ferramenta de eco-educação para capacitação e geração de renda.

Projeto Semearte – Serra, ES | Kézia Alice dos Prazeres, 37; Marttha Almeida Rocha, 46; Joselita Maria de Jesus, 35; Katharine Almeida, 21; Romilda Morozesky, 42; Eva Porfírio dos Santos, 42; Lindaci dos Santos, 56. (Ateliê de Ideias)
Resgate cultural das práticas artesanais, com o fortalecimento de vínculos, empoderamento de mulheres mães de família e geração de renda.

Promoção da Autonomia das Mulheres no Processo Produtivo de Beneficiados e Processamento de Origem Vegetal – Lagoa de Itaenga, PE | Maria José de Freitas, 30; Iracema Severina da Silva, 46. (Acreditar)
Fortalecimento e autonomia das mulheres permitindo a geração de renda e desenvolvimento da produção familiar agroecológica.

Quem Conta Um Conto – Dias D’ávila, BA | Alberto Damit, 53. (Instituto Cultural Pólen).
Oficinas de Contação de Histórias nas escolas públicas para ampliar interesse de aluno/as dentro das escolas e diminuir a evasão.

Repórteres Populares, a partir do Jornal A Sirene – Mariana, MG | Genival Pascoal, 38; Rafael Fonseca, 32; Sérgio Fábio do Carmo, 49; Silmara Candinho, 25. (Coletivo Mica)
Formar repórteres populares, atingidos(as) pela Barragem de Fundão, para atuarem na produção do jornal A Sirene e para além dele.

Sala Inclusiva – Glória do Goitá, PE | Géssica Dayane Silva Albuquerque da Cruz. (Acreditar)
Espaço físico adaptado para pessoa com deficiência, para intervenção terapêutica voluntária com fisioterapia, terapia ocupacional, psicopedagogia, psicologia, fonoaudiologia e serviço social.

Sementes de Luz – Juazeiro, BA | Wítala Marta Pinheiro Linhares, 40. (Fundação Lar Feliz)
Profissionalização para geração de renda de mulheres e gestantes de baixa renda, preparando-as ainda para os cuidados na maternidade.

Tomas Educação/Educação sem Muros – Belo Horizonte, MG | Priscila Regina Souza Tomas, 27; Rodrigo Francisco Correa de Oliveira, 33. (Fa.Vela)
Oficinas de fotografia, música e escrita para estudantes da rede pública com o objetivo de valorizar e registrar as vivências periféricas, tornando-os multiplicadores.

Trama – Miranda, MS | Evanilda Rodrigues, 36. (IPEDI)
Oficinas de produção de artesanato e dança indígena, promovendo o resgate, manutenção da cultura terena e geração de renda.

Trupe Turma da Alegria – Fortaleza, CE | Ícaro Maciel, 18; Magnólia Lemos, 38. (Barraca da Amizade)
Uso da arte circense visando prevenir a entrada de crianças e adolescentes na criminalidade em uma comunidade com alto índice de violência.

Tupigá na Comunidade – Careiro, AM | Francimara Araujo, 22; Iranildo Colares, 21; Alexandra Padro, 18; Marcos Alexandre, 26. (Casa do Rio)
Ações socioeducativas e culturais para estimular o protagonismo de jovens de comunidades rurais do entorno da BR 319.

Um Pé de Livro – Miranda, MS | Marilza Silva, 38. (IPEDI)
Oficinas de leituras, contos e brincadeiras ritmadas para crianças, realizadas embaixo de árvores e em espaços públicos.

Vozes LGBTQ+ – Rodas de Conversas – Brasília, DF | Fernando Cunha. (ONG Amigos da Vida)
Empoderamento de pessoas do movimento LGBTQ+ vivendo com HIV/AIDS.

Yoga e Meditação no Complexo da Maré – Rio de Janeiro, RJ | Ana Olívia Figueiredo Mesquita, 37. (Redes da Maré)
Promoção de uma cultura de paz e a melhoria do estado de saúde dos moradores do Complexo da Maré, através da prática de yoga e meditação.