José Dias, fundador e responsável pelo Centro de Educação Popular e Formação Social (CEPFS) – apoiado pela BrazilFoundation em 2006, 2008 e 2011 – e Dagmar Darroux, fundadora e diretora da Casa do Zezinho – apoiada pela BrazilFoundation em 2003 -, estão entre os 11 finalistas do Prêmio Empreendedor Social 2011. Promovido pela Folha de São Paulo em parceria com a Fundação Schwab, o prêmio visa identificar líderes sociais em todo o país. O concurso é promovido pela Fundação Schwab em 14 países e seis regiões. No Brasil, o concurso teve cinco fases e 272 pessoas de 24 estados brasileiros inscritas.

O CEPFS, participante do Projeto BrazilFoundation 10 Anos, atua no interior da Paraíba buscando o desenvolvimento humano sustentável no semiárido brasileiro através da produção e difusão de tecnologias socioambientais e da formação de capital social. Com o intuito de que se descubram como atores sociais capazes de mudar a realidade local, as famílias são estimuladas a participar efetivamente das ações.

A Casa do Zezinho tem o objetivo de criar condições para que crianças, adolescentes e jovens de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social possam superar as limitações impostas pelo meio em que vivem, conquistando autonomia de pensamento e de ação para trilharem seus próprios caminhos. Atua através da educação, da arte e da cultura com oficinas de capacitação profissional, atividades socioeducativas, culturais e esportivas.

Os vencedores serão divulgados no próximo dia 9 de novembro.