Oskar Metsavaht , Nizan Guanaes and Vik Muniz na cerimonia da UNESCO em Paris.  Foto: Jornal Globo, 27 de Maio de 2011

Nizan Guanaes, Oskar Metsavaht e Vik Muniz foram nomeados Embaixadores da Boa Vontade da UNESCO pela Diretora-geral Irina Bokova, em cerimônia realizada na sede da Organização no dia 27 de maio, em Paris. Os três novos embaixadores são apoiadores e parceiros da BrazilFoundation em sua missão por um Brasil Melhor.

Nizan Guanaes, chairman do Grupo ABC de Comunicação, foi o Chair do XIII Gala Anual da BrazilFoundation em 2010, e este ano vem apoiar a Fundação como Co-Chair do Gala.  Nizan Guanaes preside a Associação de Empreendedores Amigos da UNESCO, que fundou em 2004 juntamente com Oskar Metsavaht. Foi nomeado Embaixador da Boa Vontade da UNESCO em reconhecimento ao “permanente apoio às ações da Organização nas áreas de educação, inclusão social e formação para os grupos mais vulneráveis.”

Oskar Metsavaht, fundador da Osklen, marca carioca que promove a filosofia de vida em harmonia com o meio ambiente,  é membro do Conselho Diretor da BrazilFoundation.  Em 2009 foi homenageado pelo trabalho desenvolvido pelo Instituto-e, organização sem fins lucrativos que fundou no Rio de Janeiro, que trabalha em prol do desenvolvimento sustentável.  Oskar é vice-presidente da Associação de Empreendedores Amigos da UNESCO. Foi nomeado Embaixador da Boa Vontade em reconhecimento ao seu “apoio permanente às ações da UNESCO nas áreas de cultura de paz, inclusão social e desenvolvimento sustentável.”

O Artista plástico brasileiro Vik Muniz, que divide seu tempo entre o Rio de Janeiro e Nova York, usa a fotografia para imortalizar as imagens que cria a partir de materiais diversos como o açúcar, chocolate, e  objetos reciclados. O filme Lixo Extraordinário (2010),  baseado no projeto de Vik com catadores de materiais recicláveis de Jardim Gramacho,  concorreu ao Oscar em 2010.  Vik foi Co-Chair e Mestre de cerimônias do VIII Gala Anual da BrazilFoundation. Vik foi nomeado Embaixador da UNESCO em reconhecimento a “sua contribuição para a educação e o desenvolvimento social por meio de sua carreira artística e seu engajamento a serviço dos ideais e objetivos da Organização.”

Após as nomeações, os novos embaixadores,  que já colaboram com a UNESCO, poderão contribuir ainda mais com as atividades da Organização destinadas aos grupos mais vulneráveis no Brasil e no mundo.

Fonte: UNESCO, www.portal.unesco.org/