Local Dourados, Mato Grosso do Sul
Apoiado em 2012
Áreas atendidas Saúde

Meio ambiente, um Diálogo entre os Povos

A Reserva Indígena de Dourados é a mais populosa do país com aproximadamente 15 mil habitantes, quase 50% de crianças e jovens. Cercada por fazendas de soja e de cana de açúcar, tiveram suas águas represadas, ocasionando uma grande escassez. A pouca água que resta está poluída pelo veneno da soja produzida. A paisagem é extremamente árida e as terras estão totalmente exauridas, pouquíssimas pessoas vivem de suas plantações, sendo necessária a evasão dos jovens em busca de sobrevivência. O índice de suicídio nesta Reserva é 40 vezes maior do que o nacional e se concentra entre crianças e jovens de 8 a 20 anos.

O Grupo de Apoio aos Jovens Indígenas nasceu da organização dos próprios jovens da Reserva de Dourados que buscavam um meio de representação para se manifestar. Através da produção e divulgação de imagens, reportagens, vídeos e fotografias encontraram um meio na luta pela conquista de seus direitos. O projeto busca minimizar problemas de saúde derivados da falta de alimentação e acesso à água e à terra, além da carência de políticas e de serviços públicos, como a coleta sistemática de lixo. A intenção é criar condições básicas para a conscientização do direito desses cidadãos, instrumentalizando-os para que atuem na busca de melhores condições de vida.

 

Fotos @brazilfound on instagram