O artivista Mundano visitou Nova York para falar do Pimp my Carroça, movimento que valoriza a atividade dos catadores de materiais recicláveis no Brasil e no mundo. A primeira parada foi no escritório da BrazilFoundation, dia 23 de julho, onde Mundano apresentou o projeto para 25 convidados. Apoiado pela Fundação desde 2014, o Pimp atua para chamar a atenção da população e dos governantes sobre o trabalho desempenhado pelos catadores.

O Brasil não tem políticas públicas de reciclagem, apenas 3% de todo o lixo produzido no país é reciclado e quem faz 90% deste trabalho são os catadores. “O meu objetivo era acordar as pessoas, para não terem preconceito com o catador que está fazendo um trabalho honesto e fazer elas enxergarem isso com adimiração” – disse Mundano.

No domingo, 26 de julho, Mundano esteve em Montauk para o segundo evento, promovido pelo Comitê Jovem da BrazilFoundation. O happy hour, realizado em espaço generosamente cedido pelo The surf Lodge, reuniu 50 pessoas e arrecadou U$$ 3,500 em benefício do Pimp My Carroça. O evento contou ainda com apoio da Cachaça Leblon, que ofereceu caipirinha aos convidados, e de Vanessa Pereira do PekiNY, projeto educativo que ensina as crianças a reciclar lixo e respeitar o meio ambiente.

Durante o happy hour Mundano pintou uma tela que será leiloada no XIII BrazilFoundation Gala New York, no dia 17 de setembro.

photo-jul-23-4-11-43-pm  photo-jul-23-12-49-54-pm-1photo-jul-23-12-35-19-pmimg_6845img_6878photo-jul-23-1-14-17-pmphoto-jul-23-1-15-37-pmimg_6879