Primeiro coworking brasileiro para afroempreendedores nasce em Salvador

Em 21 de novembro, o Instituto Mídia Étnica abriu um espaço de co-working para jovens empresários em Salvador por meio de seu projeto Correio Nagô: Rede de Pequenos Negócios. O espaço é o primeiro do Brasil voltado para afroempreendedores e vai oferecer cursos e oportunidades de colaboração para jovens empresários, além de incentivar a economia criativa em uma cidade considerada difícil para o desenvolvimento de startups.

“O Ujamaa pretende ser, portanto, um elemento impulsionador da criação de um futuro ‘Vale do Dendê’, um ecossistema de negócios com um forte direcionamento em áreas como economia criativa, mídia e tecnologias.” – Paulo Rogério, diretor executivo do IME.

O Instituto Mídia Étnica busca assegurar direitos humanos na comunicação e no uso das ferramentas tecnológicas por grupos socialmente excluídos, especialmente à comunidade afro-brasileira. Um dos projetos desenvolvidos é o Correio Nagô, um dos maiores portais de informação e difusão de conteúdo sobre cultura negra, com mais de 100 mil acessos por mês.